Carta de crédito de exportação: o guia completo de perguntas frequentes

No guia de hoje, você conhecerá mais um item importante no kit de ferramentas de importação e exportação de documentos – carta de crédito de exportação.

Portanto, se você pretende usar carta de crédito de exportação, leia este guia para não cometer nenhum erro.

O que é uma Carta de Crédito de Exportação?

É um instrumento financeiro que um banco emite para representar seu compromisso em nome do importador.

Garante que o pagamento será feito ao exportador desde que os termos e condições especificados sejam atendidos.

Normalmente, as condições especificadas na carta de crédito de exportação são comprovadas pela apresentação de documentos particulares.

O banco emissor conta com a credibilidade do importador para emitir carta de crédito de exportação.


Exemplo de carta de crédito

Qual é a finalidade de uma carta de crédito de exportação?

Sua finalidade é garantir ao exportador o pagamento das mercadorias que o importador está adquirindo.

Funciona como uma garantia condicional, que o banco do importador oferece ao exportador na compra da mercadoria.

Atua como um acordo de pagamento contratual entre o banco do importador e o exportador para facilitar o embarque da mercadoria no ato da compra.

Serve também para proteger o importador.

Os documentos necessários para acionar o pagamento comprovam que os produtos foram enviados em conformidade.

Como uma Carta de Crédito de Importação se compara a uma Carta de Crédito de Exportação?

Há uma linha tênue entre as cartas de crédito de importação e exportação.

Idealmente, o banco do importador emite carta de crédito de importação tendo o fornecedor como beneficiário.

Por outro lado, uma vez que o banco do exportador recebe a mesma carta de crédito, ela se torna uma carta de crédito.

Em palavras simples, uma carta de crédito de importação é emitida pelo banco do importador, enquanto o banco do exportador recebe uma carta de crédito de exportação.

No entanto, os termos e condições da carta de crédito de importação são juridicamente vinculativos.

Comparativamente, os termos e condições das cartas de crédito de exportação são mais flexíveis.

A carta de crédito de importação tende a aumentar a credibilidade do importador.

Por outro lado, a carta de crédito de exportação aparentemente aumenta o fluxo de caixa do exportador.

Materialmente, as cartas de crédito de importação e exportação são semelhantes.

Eles só variam em termos de perspectiva.

Quais as Vantagens do Financiamento por Carta de Crédito à Exportação?

Oferece uma ampla gama de benefícios tanto para o importador quanto para o exportador.

Algumas das vantagens incluem o seguinte;

  1. Mitigação de riscos – Reduz os riscos de não pagamento a quase zero. O exportador tem total garantia do pagamento desde que atenda às exigências da carta.
  2. Termos e condições flexíveis – Dá margem para negociação dos termos e condições estipulados. Pode ser adaptado para atender às necessidades do exportador. Isso facilita a compra e o envio de produtos específicos.
  3. Melhora o fluxo de caixa do exportador – Normalmente, quanto mais pagamentos o exportador recebe, maior o fluxo de caixa que eles experimentam. Essa modalidade credita o pagamento na conta do exportador, melhorando seu fluxo de caixa.
  4. Pagamento Adiantado – Permite que o exportador receba o pagamento com antecedência antes da remessa chegar ao comprador. O exportador tem garantido o pagamento antes do embarque.
  5. Aumenta a credibilidade do importador – Aumenta a solvência do importador, facilitando a obtenção dessas facilidades para futuros financiamentos de negócios.
  6. Oferece acesso a financiamento sem recurso pós-embarque e reduz a necessidade de instrumento de controle de crédito.

Uma Carta de Crédito de Exportação (L/C) é o mesmo que uma Garantia Bancária (BG)?

Sim.

Até certo ponto, no que diz respeito à aplicação comercial e incutir confiança na transação e nas partes participantes.

Mesmo assim, eles variam um pouco em relação aos termos e condições em que se aplicam. Aqui estão algumas das diferenças;

Uma carta de crédito de exportação é mais ou menos como um compromisso que um banco assume de pagar ao beneficiário uma vez que determinados critérios sejam atendidos.

Uma garantia bancária é o compromisso de um banco de honrar o pagamento do beneficiário caso a parte contrária não cumpra suas obrigações contratuais.

A carta de crédito de exportação protege ambas as partes na transação, mas se inclina mais para o exportador.

A Garantia Bancária, por outro lado, cobre ambas as partes na venda, mas favorece mais o importador.

A carta de crédito de exportação é comumente usada com comerciantes envolvidos no negócio de importação e exportação de mercadorias.

A garantia bancária, no entanto, é frequentemente usada por empreiteiros que licitam projetos maiores, como infraestrutura.

A carta de crédito de exportação reduz o risco envolvido ao confirmar que uma transação é realizada.

A garantia bancária, por outro lado, mitiga a perda incorrida caso a transação não saia conforme o planejado.

A carta de crédito de exportação é comparativamente acessível do que uma garantia bancária.

O BG é aparentemente caro, pois protege ambas as partes e cobre amplas transações de alto valor.

Quais documentos você precisa para abrir uma carta de crédito de exportação?

Em uma L/C de exportação, o comprador deve solicitar diferentes tipos de documentos ao vendedor para facilitar todo o processo.

Alguns desses documentos incluem o seguinte;

  1. Fatura comercial – É necessária a comprovação do valor da encomenda.
  2. Packing list – Mostra os itens embalados na remessa
  3. conhecimento de embarque - Apresenta comprovativo de envio
  4. Certificado de origem – Funciona como prova de origem dos itens que você está comprando.
  5. Certificado de saúde – É necessário comprovar que as mercadorias atendem aos requisitos de saúde e saneamento estipulados.
  6. Certificado de inspeção – Comprova que o produto está em conformidade com os padrões de qualidade exigidos.
  7. Certificado de seguro – Indica que o envio está coberto em caso de riscos.
  8. Letra de câmbio – É uma ferramenta negociável emitida ao banco para facilitar o pagamento.

Principalmente, os documentos necessários para abrir e processar uma carta de crédito de exportação se enquadram em várias categorias.

As categorias incluem; comercial, financeiro, seguro de embarque e documentos alfandegários.

Como funciona uma Carta de Crédito de Exportação?

O processo se inicia quando o importador solicita a carta de crédito de exportação para financiador, credor ou banco.

Aqui, o comprador envia todos os documentos necessários para a abertura da L/C de Exportação.

O importador providencia para que o banco emissor abra uma carta de crédito em favor do exportador.

Além disso, o banco do importador que emite o instrumento transmite a L/C ao banco indicado pelo exportador.

Além disso, o exportador libera os itens e os encaminha para o despachante.

Em seguida, as mercadorias são despachadas para expedição.

O exportador ou despachante então leva os documentos ao banco designado.

Em seguida, o banco confirma os documentos para garantir o cumprimento da L/C e cobra o pagamento do banco emissor.

Em seguida, a conta do importador é debitada em conformidade.

O banco do importador então libera os documentos para o importador para que ele possa reclamar as mercadorias do remetente

São os mesmos documentos que o importador também utiliza para facilitar o desembaraço aduaneiro.

Quão Segura é a Carta de Crédito como Método de Pagamento no Negócio de Exportação?

É um método de pagamento altamente seguro, que garante segurança e pode ser usado para praticamente qualquer transação comercial internacional.

Protege o exportador ou vendedor, o que é fundamental, principalmente para reduzir os riscos de inadimplência.

O comprador nunca pode cancelar ou alterar os termos e condições de exportação L/C sem o consentimento do exportador.

No entanto, esta forma de pagamento só se torna arriscada caso o banco emissor não credite o pagamento na conta bancária do exportador.

Isso geralmente ocorre se o exportador não cumprir todas as condições estabelecidas na L/C de exportação.

Mesmo assim, isso não significa que o vendedor nunca será pago.

Isso só leva ao atraso no pagamento ou não pagamento até que as condições sejam atendidas.

Carta ou crédito

O que é uma Carta de Crédito Documentário?

Refere-se a um acordo no comércio internacional em que o banco do importador facilita o pagamento do exportador pelas mercadorias mediante o recebimento dos documentos pertinentes.

O banco do comprador deve receber os documentos que comprovem que as mercadorias foram despachadas e embarcadas.

É de responsabilidade do banco do importador pagar ao vendedor de acordo com os termos de uma carta de crédito.

Isso só acontece mediante apresentação de documentos pertinentes pelo vendedor, que devem atender às condições da L/C.

Ele também deve confirmar o envio de mercadorias dentro de um prazo específico.

Quem são as Partes Principais de uma Carta de Crédito de Exportação?

Carta de crédito tem várias partes com diferentes compromissos, que incluem o seguinte;

O abridor – refere-se ao importador, que é responsável por abrir a L/C de exportação mediante solicitação. Você também pode se referir a ele como o comprador.

O emissor – Esta é a instituição onde o comprador abre o pedido de L/C de exportação. É o banco do país do importador que emite a carta de crédito.

O beneficiário – Também conhecido como vendedor ou exportador. A L/C de exportação é emitida a favor do beneficiário.

Banco de confirmação – Esta é a parte principal do crédito, que assume todas as obrigações do banco emissor da L/C de exportação.

Banco notificador – É a parte que alerta o beneficiário sobre o crédito que foi aberto a seu favor. Este jogador avisa o beneficiário em conformidade após a confirmação da exportação L/C.

O banco pagador – É o responsável final por creditar o valor na conta do beneficiário. Em muitos casos, o banco pagador é geralmente o banco que confirma e notifica.

O banco negociador – É a parte que aceita ou paga o saque ao beneficiário. O vendedor é obrigado a ir ao banco de sua preferência, apresentar a minuta e os documentos relevantes sob o crédito.

Isso acontece quando não há banco pagador especificado na carta de crédito de exportação.

Qual é a diferença entre uma carta de crédito de exportação e um empréstimo?

Carta de crédito de exportação é uma carta de um banco ou financiador que garante o pagamento ao vendedor em nome do comprador pelos bens adquiridos.

Ele é enviado ao vendedor após a verificação de que as mercadorias foram enviadas.

Um empréstimo refere-se a uma soma de dinheiro emprestado de um terceiro para facilitar o pagamento de bens ou produtos adquiridos.

A transação de empréstimo geralmente é feita diretamente entre o importador e o exportador.

Uma linha de empréstimo normalmente acumula juros, ao contrário da linha de crédito de exportação, que geralmente tem prazos fixos.

Quanto custa adquirir uma carta de crédito?

É totalmente dependente da política de taxas de um banco específico ao qual você está solicitando essa facilidade.

Bancos diferentes cobram taxas diferentes para emitir a carta de crédito de exportação.

Alguns fatores que determinam as taxas cobradas incluem a classificação de crédito do importador, a margem da carta de crédito de exportação e o prazo, entre outros.

Mesmo assim, a maioria dos bancos costuma cobrar uma faixa de cerca de 0.25 a 2% com base em deliberações variadas.

Quem paga o custo de uma carta de crédito?

Depende de diferentes aspectos que envolvem os costumes e práticas das jurisdições onde a L/C de exportação é emitida e aconselhada.

Depende também do contrato de venda que vincula o requerente e o beneficiário.

Na maioria dos casos, porém, tanto o vendedor quanto o comprador incorrem em alguns custos relacionados à abertura e conclusão da L/C de exportação.

Todo o processo é negociável.

Torna mais fácil encontrar um consenso sobre quem paga ou como compartilhar o custo da carta de crédito.

O comprador paga a abertura, a assessoria e as despesas bancárias relacionadas.

O Vendedor, por outro lado, paga as taxas de negociação, alteração, discrepância e conclusão da L/C.

No entanto, o comprador tende a incorrer em mais custos em comparação com o vendedor.

Quanto tempo leva para abrir uma carta de crédito?

Depende do banco específico, que está emitindo a carta de crédito de exportação.

No entanto, a duração está atrelada a várias questões prevalecentes e subjacentes entre o banco e o requerente.

O limite de L/C do solicitante e as aprovações bancárias do verificador, bem como outros signatários autorizados, determinam quanto tempo leva.

No entanto, se todos os fatores permanecerem constantes, a carta de crédito de exportação deve ser aberta dentro de alguns minutos a dois dias, mediante solicitação.

Em que momento uma Carta de Crédito de Exportação é considerada Rotativa?

Quando a L/C de exportação se repete todos os meses para uma transação semelhante em um período pré-determinado.

O valor do L/C permanece o mesmo, mas você pode usá-lo para diferentes transações ao longo do tempo.

É quando a quantidade de dinheiro que você pode sacar é restabelecida e fica disponível até o prazo acordado.

A duração e o valor máximo para o crédito que pode girar é muitas vezes delineado de antemão.

Além disso, o crédito rotativo também captura a cláusula de reposição e o valor máximo de utilização do crédito.

Uma Carta de Crédito à Exportação é o mesmo que um Seguro de Crédito à Exportação?

Não mesmo!

O seguro de crédito à exportação cobre o vendedor dos riscos associados ao não pagamento por um comprador estrangeiro.

Atenua os riscos decorrentes da falta de pagamento na realização de negócios internacionais.

Essa facilidade dá ao exportador uma garantia condicional quanto ao pagamento das mercadorias em caso de perda do comprador estrangeiro.

Cobre riscos como insolvência e falência do comprador.

Por outro lado, a carta de crédito de exportação fornece garantia condicional ao exportador quanto ao pagamento das mercadorias pelo comprador.

Dá ao vendedor garantia de pagamento das mercadorias entregues desde que atendidas as exigências do documento.

Carta de crédito

O que é uma Carta de Aceitação e quão diferente ela é de uma Carta de Crédito?

A carta de aceitação é um documento que confirma o acordo mútuo entre o comprador e o vendedor para a compra de itens especificados.

O comprador lista e envia todos os itens com todos os documentos devidamente assinados ao exportador.

O exportador confirma o negócio e os termos e condições em forma de prova documental.

É diferente da carta de crédito de exportação, pois não garante necessariamente o pagamento das mercadorias adquiridas.

Apenas demonstra o conhecimento e compreensão do exportador sobre as condições do comprador, incluindo a forma de pagamento.

Quais são as discrepâncias mais comuns em um documento de carta de crédito de exportação?

As discrepâncias em uma carta de crédito de exportação referem-se a erros ou defeitos que geralmente surgem como resultado de erro humano ou incompatibilidade de papelada geral.

Algumas das discrepâncias usuais que você provavelmente encontrará incluem;

  1. Documentos inconsistentes – Todos os documentos apresentados para abertura de carta de crédito de exportação devem ser consistentes. Qualquer inconsistência identificada em qualquer fase do processamento deste documento é considerada uma discrepância.
  2. Expiração da carta de crédito – Ocorre quando há atraso na apresentação dos documentos pertinentes.
  3. Documentos insuficientes – Todos os documentos necessários para abertura e preenchimento de uma carta de crédito devem ser apresentados em conformidade.
  4. Cobertura de seguro insuficiente
  5. Inconsistência na descrição das mercadorias ou está indicada de forma diferente da carta de crédito
  6. Cobranças não autorizadas na fatura contrárias à carta de crédito.
  7. Fatura não assinada ou dificilmente especifica os termos de envio conforme citado na carta de crédito de exportação

Como você pode reduzir os riscos associados à carta de crédito de exportação?

  • Como exportador, certifique-se de consultar o banco antes que o comprador solicite uma carta de crédito de exportação.
  • Avaliar todos retificar todos os elementos que levam a oportunidades de discrepância para evitar atrasos ou falta de pagamento
  • Estabelecer que todos os termos da carta de crédito possam ser cumpridos dentro dos prazos especificados.
  • Determine se a carta de crédito de exportação é ou não necessária para a transação.
  • Negocie com o importador e concorde com os termos e condições detalhados a serem incluídos na carta de crédito.
  • Certifique-se de que todos os documentos estejam de acordo com os termos e exigências da carta de crédito de exportação.

Qual é a diferença entre uma carta de crédito confirmada e não confirmada?

Confirmado é o tipo, em que uma segunda obrigação é adicionada à L/C de exportação por um banco diferente.

Não confirmado é o tipo, que carrega apenas a obrigação do banco emissor de garantir que a documentação esteja em ordem.

De certa forma, isso ajuda a garantir o pagamento ao exportador.

Um Contrato de Vendas Faz Parte de uma Carta de Crédito de Exportação?

Não mesmo!

Um acordo de venda é um contrato entre o comprador e o vendedor sobre a compra de mercadorias.

Ele também pode capturar outros detalhes, como modo de pagamento.

Se necessário, você pode incluí-la nos documentos para abertura de carta de crédito de exportação, mas não faz parte dela.

Quando um vendedor é pago ao usar uma carta de crédito de exportação?

Assim que houver a confirmação de que as mercadorias foram embarcadas, o vendedor poderá iniciar o processo de preenchimento da carta de crédito de exportação.

Desta forma o vendedor fica legível para pagamento mediante confirmação do envio dos itens e atendimento das demais exigências da L/C de exportação.

O pagamento pode ocorrer dentro de alguns minutos ou após alguns dias, uma vez que o emissor confirme que o vendedor atendeu às condições estipuladas.

Você pode transferir uma carta de crédito de exportação?

Absolutamente correto!

Você pode solicitar a transferência da carta de crédito de exportação.

Ele cria um beneficiário secundário, que permite transferir parte ou todo o crédito para.

Nesse caso, você se torna o principal beneficiário, pois é a primeira parte a aceitar a carta de crédito transferível do banco.

Você pode alterar uma carta de crédito de exportação?

Absolutamente correto! Você sempre pode alterar uma carta de crédito de exportação autorizada a qualquer momento, quantas vezes for possível.

Mesmo assim, tem que antes de expirar.

Você só precisa instruir o banco emissor sobre as alterações ideais que deseja incorporar na carta de crédito de exportação.

No entanto, não é aconselhável alterá-lo muitas vezes, pois há chances de causar discrepâncias devido a dados inconsistentes.

E caso você tenha alguma dúvida sobre carta de crédito de exportação entre em contato com o BanSar agora.

Voltar ao Topo